A harpa é um dos instrumentos mais apropriados e bonitos para cerimônias religiosas em casamentos.

Angélica Vianna Harpista 3

“O som celestial dos anjos e das fadas, a suavidade da harmonia que encanta as pessoas e a beleza do instrumento abrilhantando o dia mais importante da vida de um casal.”

Perguntas Frequentes:

Se eu contratar uma harpa para o meu casamento, quais serão as músicas escolhidas?

As músicas tocadas em um casamento geralmente são bem específicas para o instrumento e talvez pouco conhecidas pelas pessoas, mas muito agradáveis.
Algumas transcrições de músicas conhecidas são incorporadas quando elas se apresentam bem para o instrumento.
Geralmente a escolha de repertório é feita pelos noivos e/ou familiares em conjunto com a harpista que lhes oferecerá opções de músicas que podem ser do agrado dos noivos.

Devo contratar outros instrumentos para tocarem com a harpa?

A harpa sozinha é um instrumento muito bonito e independente, como o piano e o órgão que podem tocar tanto a melodia quanto o acompanhamento de uma só vez, sem a necessidade de um grupo de músicos.
Geralmente a harpa é posicionada perto do altar em uma área visível para que as pessoas possam também apreciar a beleza do instrumento.
A presença de um cantor ou outro instrumentista solista como um violino, flauta ou um violoncelo também funcionam muito bem e podem ser requisitados com antecedência.

Qual é o preço cobrado para cerimônias ou recepções de casamento?

O orçamento depende muito do tipo de evento, local e data.
Algumas épocas especiais do ano, como Dia dos Namorados, Páscoa, Natal, etc… poderão ter preços diferenciados. Casamentos e recepções fora da cidade de Belo Horizonte também terão encargos diferenciados pelo deslocamento do instrumento e do instrumentista.

Gostaria de ressaltar ainda que a harpa é um instrumento muito delicado e caro (US$22.000,00 dólares nos EUA – não existe para comprar no Brasil e a importação encarga em mais de 100% em impostos) e que por esse motivo somente o deslocamos se o evento não apresentar risco para o instrumento.

Casamentos ao ar livre são cobrados taxa extra exra por causa dos riscos que o instrumento corre com a ação do vento e do sol sobre as cordas e a estrutura de madeira delicada.
Em caso de chuva a harpa não pode se apresentar ao ar livre.